Quinta-feira, 29 de Novembro de 2007

JORNAL DESCOBRIR PENAFIEL

Exposição dedicada à Etnografia e Arqueologia do Município


Trata-se de uma exposição de carácter permanente do Museu Municipal de Penafiel

Realização de visitas guiadas para grupos, ateliers e actividades pedagógicas destinadas ao público escolar, mediante marcação prévia no Museu Municipal.


Museu Municipal de Penafiel

Rua Conde de Ferreira, s/n

4560 – 483   PENAFIEL


Telf. 255 712 760     
Email:
mmpnf48@gmail.com


Horários:
Segunda a Sexta-feira: 9.30h – 12.00h / 14.00h – 17.30 h

Sábado: 9.30h – 12.30h

 

 

 

Exposição "As Artes do Ferro"


Exposição temporária inaugurada dia 19 de Maio de 2007 e patente ao público até Fevereiro de 2008 


Museu Municipal de Penafiel
Rua Conde de Ferreira, s/n
4560 – 483   PENAFIEL

Telf. 255 712 760     
Email:
mmpnf48@gmail.com

Segunda a Sexta-feira: 9.30h – 12.00h / 14.00h – 17.30 h
Sábado: 9.30h – 12.30h


 

 

 

 

Feira da Alegria 2007
14, 15 e 16 de Dezembro de 2007


Danças: Hip-Hop; Latinas; Orientais; Populares; Salão

Divertimentos: Andas Gigantes; Esculturas com Balões; Insufláveis; Malabares; Marionetas Humanas; Monociclo; Pinta Faces

Espectáculos: Aves Amestradas; Cães Amestrados; Canção Ligeira e Fado; Grupo Coral; Humor e Fantasia; Ilusionismo; Malabarismo; Palhaços Excêntricos/Parodistas e Musicais; Teatro

Jogos: Culturais; Lúdicos; Pedagógicos; Populares; Recreativos; Tradicionais.



Dia 14 (Sexta-Feira)
09h30-12h30 / 14h30-18h00

Dia 15 (Sábado)
15h00-20h00

Dia 16 (Domingo)
15h00-20h00

Público-Alvo: Crianças do Pré-Escolar, 1.º e 2.º Ciclos do Ensino Básico, ATL's, Centros de Dia, Associações e Lares. 

Entrada Gratuita

Data Inicio: 2007-12-14 9:30
Data Fim: 2007-12-16 20:00

 

 

 Papa Chiclas

 

 

 

V Ciclo de Apresentações Artísticas – 3ª Exposição de Pintura
2007-11-28
Átrio do Pavilhão de Feiras e Exposições de Penafiel

É inaugurada na próxima sexta-feira, dia 30, no Átrio do Pavilhão de Feiras e Exposições de Penafiel, pelas 21h30, mais uma mostra de pintura integrada no V Ciclo de Apresentações Artísticas, iniciativa do Pelouro da Juventude da Câmara Municipal de Penafiel.
O Ciclo destina-se à promoção de obras de jovens artistas plásticos, alguns deles, participantes na Bienal de Pintura de Penafiel. Trata-se de uma oportunidade para mostrar de forma mais alargada o seu trabalho artístico, para além da Bienal.
Sílvia Moreira, de Penafiel, é uma das artistas convidadas. Participam, ainda, Catarina Machado, do Porto, Ricardo Pinho, de Santa Maria da Feira, e Victor Cruz, de Vila do Conde.
 

 

Prémio de Poesia Daniel Faria 2008




 


A Câmara Municipal e as Quasi Edições voltam a promover mais uma edição do Prémio de Poesia Daniel Faria.

Os interessados em participar podem fazê-lo desde já, devendo consultar previamente o Regulamento disponível para download.



Regulamento DOWNLOAD.jpg  
Biografia Daniel Faria  DOWNLOAD.pdf

 

 


 

publicado por descobrir_penafiel às 21:30

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Personalidades importantes

 
Personalidades naturais de Penafiel, ou que, embora não o sendo, se destacaram e nos deixaram o seu legado em diferentes áreas
 
 
  > Abílio Miranda  
 
 
 
  > Américo Monteiro de Aguiar (Padre Américo)  
 
 
 
  > António de Almeida  
 
 
 
  > Conde de Ferreira  
 
 
 
  > D. António Ferreira Gomes  
 
 
 
  > Egas Moniz  
 
 
 
  > Dr. Germano Vieira de Meireles  
 
 
 
  > Joaquim de Araújo  
 
 
 
  > José Júlio Nogueira da Mota Barbosa  
 
 
 
  > José Monteiro Aguiar  
 
 
 
  > Pedro Guedes  
 
 
 
  > Rodrigo Solano  
 
 
 
  > Zé do Telhado  
 
 
 
  > Zeferino de Oliveira  
 
 
 
  > Coriolano de Freitas Beça  
 
 
 
  > António Guimarães (Antony)  
 
 
 
  > António Nobre  
 
 
 
  > Rodrigo de Freitas Beça
publicado por descobrir_penafiel às 21:03

link do post | comentar | favorito

Equipamentos indispensáveis para a divulgação da cidade




Arquivo Municipal de Penafiel
Biblioteca Municipal de Penafiel
Complexo das Piscinas Municipais de Penafiel
Complexo Desportivo Municipal de Leiras
Estádio Municipal 25 de Abril
Museu Municipal de Penafiel
Nave Desportiva do Pavilhão de Feiras e Exposições de Penafiel
Pavilhão de Feiras e Exposições de Penafiel
Pavilhao Fernanda Ribeiro
Piscinas Municipais de Paço de Sousa
Polidesportivo Descoberto da Quinta do Bispo
publicado por descobrir_penafiel às 20:55

link do post | comentar | favorito

Pontes de vista

PONTES DE VISTA...
PONTOS DE CONTACTO

Projecto de Itinerância Cultural




“Pontes de Vista… Pontos de Contacto” está de regresso. Apoiada pela iniciativa comunitária Leader + através da Dólmen (Cooperativa de Formação, Educação e Desenvolvimento do Baixo Tâmega, CRL), gestora do programa Leader no Baixo Tâmega, procura promover momentos culturais de qualidade em freguesias com ligação ao Tâmega, passando a edição 2007/2008, também,  pela sede do Concelho.
Expressões artísticas de eleição, a música e o teatro são apostas fortes neste regresso às pontes culturais da penafidelidade.


 

 

 

 

Programa 2007/2008



24 Novembro, 21h30
Grupo de Teatro de Novelas "Retalhos"/"Jogo da Verdade"
Eja, Salão dos Bombeiros Voluntários de Entre-os-Rios


14 a 16 Dezembro
Feira da Alegria
Penafiel, Pavilhão de Feiras e Exposições


15 Dezembro, 21h30
Concerto de Natal - Orquestra do Norte/Coral Rodribina de Rio de Moinhos
Penafiel, Igreja da Misericórdia


6 Janeiro, 15h00
Encontro de Janeiras
Penafiel, Pavilhão de Feiras e Exposições


13 Janeiro, 15h00
Encontro de Janeiras
Penafiel, Pavilhão de Feiras e Exposições


26 Janeiro, 21h30
Ensemble Vocal de Freamunde
Abragão, Igreja Paroquial


9 Fevereiro, 21h30
Grupo Coral de Irivo
Luzim, Igreja Paroquial


23 Fevereiro, 21h30
"Enygma" - Teatro do Carmo Artes
Rio de Moinhos, Salão Paroquial

 

publicado por descobrir_penafiel às 19:37

link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 15 de Novembro de 2007

Cartaz publicitário

publicado por descobrir_penafiel às 12:18

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Terça-feira, 13 de Novembro de 2007

Feira de S. Martinho

A feira de S. Martinho realiza-se entre os dias 10 e 20 de Novembro. É uma feira muito forte em produtos agro-pecuários, com destaque para o gado bovino. Em simultâneo decorre também uma feira de artesanato com os artesãos a trabalhar ao vivo. O dia mais significativo é o dia 11, feriado municipal, dedicado ao S. Martinho. As castanhas assadas e o vinho são o prato forte desta ocasião. Os petiscos obrigatórios nestes dias são as feveras e rojões de porco com arroz de forno e vinho verde da região. Nos doces distingue-se a tão afamada torta de S. Martinho.

 

 

 

 

 

 

   

 

 

 

 

   .

 

 

 

 

 

 

publicado por descobrir_penafiel às 22:03

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 12 de Novembro de 2007

Jardins e Parques da cidade


Desfrute do ambiente natural do nosso concelho nos seus momentos de lazer e visite os nossos Parques e Jardins



 


 
 
 
 
  > Jardim da Praça da República  
 
 
 
  > Jardim do Sameiro  
 
 
 
  > Jardim Público (Jardim do Calvário)  
 
 
 
  > Parque da Cidade  
 
 
 
  > Parque Radical  
 
 
 
  > Quinta da Aveleda
publicado por descobrir_penafiel às 19:20

link do post | comentar | favorito

Monumentos Nacionais do Concelho de Penafiel

 
publicado por descobrir_penafiel às 19:09

link do post | comentar | favorito

Gastronomia

A gastronomia penafidelense pode ser apreciada em todas as épocas do ano. Uma gastronomia diversificada e de tradição.

Desde logo, é de salientar a Lampreia e o Sável, iguarias celebradas através da Rota da Lampreia, promovida pelo município todos os anos.

Também são dignos de registo, o Cabrito assado no forno, o Arroz de Cabidela, Rojões e o Cozido à Portuguesa.

De tradição em Penafiel é também o Carneiro. Existe até a "Festa do Carneirinho" na véspera do Corpo de Deus, onde as crianças oferecem às suas professoras o carneiro.

Em Penafiel é de tradição e bom gosto presentear aqueles a quem se devem favores com carneiro.

Na doçaria distinguem-se os Bolos de Amor, as Tortas de S. Martinho, a Sopa Seca, Rosquilhos, Pão-de-Ló e o Pão Podre.


 

Pratos Típicos:

. Arroz de Lampreia de Entre-os-Rios
. Lampreia à Bordalesa
. Bacalhau com Broa
. Pica no Chão (mais conhecido como Arroz de Cabidela)
. Bazulaque
. Rojões com Arroz de Sarrabulho
. Cabrito Assado com Arroz de Forno

 

Sobremesas Típicas:

. Leite Creme
. Sopa Seca


Doces Típicos:

. Bolinhos de Amor
. Pão-de-ló
. Tortas de S. Martinho

 

Outros Produtos Típicos da Região:

. Broa caseira
. Bolo de Carne e Pão com Chouriço caseiros
. Doçaria Tradiciponal
. Jerupiga
. Licores caseiros
. Mel caseiro
. Queijo

 

 

 

publicado por descobrir_penafiel às 18:57

link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 8 de Novembro de 2007

Lenda de Penafiel

Penafiel* Douro Litoral
 
- Arrifana e Pena Fiel
 
Protagoniza esta lenda uma das mais interessantes figuras de mulher da Idade Média peninsular, a Condessa Mumadona Dias.
Penafiel será topónimo derivado de castelo assente em rochas firmes ou recordará momentos trágicos da vida da Condessa? Possivelmente, a resposta certa estará naquela, mas romanticamente prefere-se esta. Sabemos, no entanto, que a 24 de Março de 1770, D. José decretou:
<< Hei por bem e me apraz que a dita povoação de Arrifana de Sousa fique criada em cidade com o nome de Penafiel.>> Vejamos.
Em tempos que já lá vão, Penafiel era o nome de uma zona onde havia várias povoações, a mais importante das quais era Arrifana de Sousa, que chegou a ser cabeça de concelho por foral de D. Manuel I em 1518. Mas, por volta de 950, Mumadona Dias, senhora daquelas e de muitas outras terras, já era viúva do Conde Hermenegildo que muito chorava.
Frequentemente, ia lamentar-se para junto do túmulo do marido, a quem gabava sempre os seus filhos mis novos, Nuno e Arriana, lamentando o espírito aventureiro dos quatros mais velhos. Bem, e na altura das partilhas, Mumadona beneficiou os seus filhos favoritos. No entanto, estes optaram por viver com a sua mãe, dizendo Nuno que só a morte os separaria, enquanto a irmã protestava que nunca ia casaria.
Certo dia, Mumadona Dias foi visitada por um vizinho, Mendo de Sousa, fidalgo poderoso, que lhe disse mais ou menos assim:
- Senhora, conheceis quem sou e o que valho. Ninguém se me pode comparar em poderio. E deveis considerar uma honra para a vossa casa que eu queria casar com a vossa filha Arrifana.
Mumadona rectificou o nome da filha, Arriana. Mas a verdade é que durante a conversa de pretensão – aquilo nem era bem um pedido! – o fidalgo sempre dizia Arrifana, por muito que fosse corrigido. Mumadona informou-o de que a filha saberia escolher, e ele queria que a mãe o impusesse. Perante Arriana, Mendo de Sousa foi rejeitado. E sempre lhe chamava Arrifana!...
Passados tempos, Nuno morreu de doença, passando Mumadona Dias e sua filha Arriana, cheias de saudades, a chorá-lo. E andavam sempre juntas naquela tristeza.
- Para todo o sempre, esta há-de ficar a ser a terra da nossa pena fiel! – dizia a fidalga.
- Sim, minha mãe, a pena fiel pelo nosso querido Nuno! – respondia tristíssima, Arriana.
E assim, nas voltas do tempo, lá se foram deste mundo mãe e filha, acabando D. Mendo de Sousa por ficar dono e Senhor de mais aquelas terras. E, apesar de já estar muito velho e alquebrado, quando se enterraram os vizinhos e se apossou de tudo aquilo, ficou muito satisfeito e resmungou que, por fim, aquilo tudo era dele. Não casara com ela, mas era dono das suas terras. E deu-lhes o nome que mais gostava combinado com o seu apelido:
- Serão as Terras de Arrifana de Sousa!
E assim ficaram a chamar-se aquelas terras, até que D. José I, sabedor da Lenda, lhes passou a dar o nome oficial e romântico de Penafiel.
publicado por descobrir_penafiel às 19:44

link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.Fevereiro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29

.links

.pesquisar

 

.arquivos

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Novembro 2007

. Outubro 2007